Linguagens, Estética e Hermenêutica


Linguagens, Estética e Hermenêutica

Criada em abril de 2007, esta Linha de Pesquisa nasceu como desdobramento natural das atividades desenvolvidas pelo NEHAC (Núcleo de Estudos em História Social da Arte e da Cultura – fundado em 1994) que, desde o seu início, tem discutido, do ponto de vista histórico, as interconexões existentes entre Arte e Sociedade/História e Linguagens/Fato e Ficção, sempre ressaltando a importância da dimensão estética. Essa nova linha, por conseguinte, tem como objetivos principais investigar: [a] linguagens artísticas (Teatro, Dança, Cinema, Literatura, Música, Artes Plásticas, Fotografia, Televisão, etc.), de modo a contribuir com a elucidação da historicidade inerente não só aos conteúdos das obras, mas, sobretudo, às opções estéticas feitas por seus criadores; [b] as condições materiais de produção e circulação das produções artísticas, com o propósito de mapear e entender as múltiplas possibilidades de construção de significados (éticos, morais, sociais, políticos, etc); [c] os diversos momentos de recepção e interpretação das obras artísticas, seja pelo público em geral, seja pela crítica especializada com a intenção de descortinar e compreender historicamente os inúmeros processos de apropriação e resignificação; [d] as diferentes concepções da escrita da História da Arte com o intuito de demarcar o campo específico de atuação do “historiador de ofício”, fundamentando-se nas questões da estética da recepção, da tradição hermenêutica, da historiografia e crítica de arte.

Docentes:
Alcides Freire Ramos
André Fabiano Voigt
Rodrigo de Freitas Costa
Rosangela Patriota Ramos

Links de Interesse:
Fênix: revista de estudo culturais - http://www.revistafenix.pro.br/
Núcleo de Estudos em História Social da Arte e da Cultura - NEHAC: http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=0015705T9HNJ02
Seção de Minas Gerais da Associação Nacional de História - ANPUH-MG: http://www.anpuhmg.com.br/