Trabalho e Movimentos Sociais


Trabalho e Movimentos Sociais

Compreendendo o social enquanto um campo de tensões, esta Linha de Pesquisa propõe o estudo das políticas governamentais, relações de trabalho, mudanças tecnológicas, organizações políticas de classes, formas de resistências e o cotidiano das empresas e dos trabalhadores no campo e na cidade. Dentre as preocupações desta Linha está também a análise das práticas, tradições, crenças, valores e significados da História e da Memória em seus diferentes suportes e referências culturais. Tendo em vista o processo de reconfiguração da luta social e de seus agentes no mundo contemporâneo, atenta-se para as diferentes modalidades de enfrentamento das questões das vivências diárias (moradia, saúde, educação, trabalho, transportes e lazer) na construção de espaços e territórios de sociabilidades no campo e na cidade. Trabalhando culturas (no plural) enquanto modos de viver e de produzir significados, investigam-se os múltiplos sentidos presentes nas políticas de preservação do patrimônio material e imaterial, dos significados das experiências sociais, das memórias e histórias dos monumentos, das cidades e de seus moradores. Problematiza-se a relação memória/esquecimento nos diversos espaços e temporalidades, investigando práticas sociais e seus variados suportes materiais. Procura-se, dessa forma, superar as dicotomias (moderno/arcaico, campo/cidade, erudito/popular, oral/escrito, etc.), complexificando a análise e, conseqüentemente, a compreensão das diversas formações sociais e do papel desempenhado pelos sujeitos sociais.

Docentes:
Antônio de Pádua Bosi
Deivy Ferreira Carneiro
Dilma Andrade de Paula
Paulo Roberto de Almeida
Rinaldo José Varussa
Sérgio Paulo Morais


Links de Interesse:
Núcleo de Pesquisas e Estudos em História, Cidades e Trabalho - NUPEHCIT: http://www.nupehcit.ufu.br/
Revista História e Perspectivas - http://www.historiaperspectivas.inhis.ufu.br/